Garantia de Produto

A COLMOL COLCHÕES, garante ao proprietário deste produto a reparação de todo o defeito de fabrico, durante um prazo de 2 anos, a contar da data de entrega do mesmo.
De acordo com dec. Lei 84/2008 – garantias de venda e prestação de bens de consumo.

CONDIÇÕES GERAIS DE GARANTIA COLMOL
· É obrigatório guardar este documento de garantia e a fatura de compra original.
· Deverá ser sempre a loja onde adquiriu o produto Colmol, a tratar do SAV (Serviço Após Venda) do cliente final.

EXCLUSÃO IMEDIATA DE GARANTIA
· Produtos que apresentem manchas, líquidos derramados ou queimados.
· Deteriorações causadas pelo uso indevido ou inadequado do produto.
· Deficiente armazenagem ou transporte inadequado.
· Produtos dobrados, cortados, partidos ou abertos.
· Fora do prazo de garantia.
· Se apresentarem tolerâncias de medidas dentro do estabelecido pela marca e normativa europeia (±2 cm).
· Uso normal, ou seja, considera-se normal uma perda de altura de 15% da altura do colchão, total ou parcial da superfície do colchão.
· Odores dos materiais novos nos primeiros dias.
· Produto não vendido, nem produzido pela Colmol.

FIRMEZA

Considera-se normal que os núcleos de espuma percam até 20% de firmeza pela totalidade ou por zonas do corpo onde é mais pesado até 10% de altura do colchão.

Estas mudanças acontecem em todos os colchões e como tal não estão cobertos pela garantia uma vez que não se trata de defeito de fabrico, mas sim da sua normal utilização.

HUMIDADE/BOLOR
A humidade/bolor pode surgir com o tempo que, tem origem nas condições do meio envolvente e ou nas condições externas às quais foi submetido. Assim sendo só será considerado defeito de fabrico se for visível no ato de remoção da embalagem. Aconselhamos a ventilação do colchão e do espaço envolvente, com regularidade.
Para aumentar a durabilidade e manter a qualidade do seu produto Colmol recomendamos alguns conselhos de manutenção e manuseamento.

DEVE:
No primeiro mês fazer, uma rotatividade semanal.
Após esse período, 1 vez por mês será suficiente.
Manter o local o mais arejado possível, para evitar excesso de humidade no ar, 1 vez por semana (mínimo) deixar o colchão a ventilar.
Colocar o seu colchão numa base ou num estrado de madeira ripado em bom estado (nivelado).
Quando desembalar o seu produto, deixar algumas horas a ventilar.

NÃO DEVE:
Dobrar o seu colchão.
Fumar ou foguear junto ao colchão.
Andar ou saltar em cima do colchão, pois danifica a estrutura interna de forma irreversível.
Colocar objetos pesados ou perfurantes na superfície do seu colchão.
Lavar o seu colchão.
Deixar cair líquidos.
Que crianças manipulem os mecanismos e controlos da sua cama articulada ou da sua base rebatível.

NOTAS:

TOLERÂNCIAS

A fim de que os colchões, estrados, bases tapizadas e camas articuladas que produzimos sejam compatíveis com as de outros fabricantes, todos comtemplam a normativa europeia sobre tolerâncias em medidas de artigos de descanso, em base da UNE-EN 1334: Largura (±20mm)/ Comprimento (±20mm).


FORMA E VOLUME
A perda de 20% de firmeza e de volume, seja parcial ou num todo, é um fator a considerar como normal de uso. Esta alteração ocorre principalmente nos primeiros meses de vida útil do colchão, passando
a ser residual no ciclo seguinte.

ODORES
Os produtos novos podem ocasionalmente libertar um certo odor durante os primeiros dias. Desaparece em poucos dias e não é nocivo.

FIOS
As costuras geradas pela confeção do colchão, é normal aparecem fios como consequência dos sistemas cozidos utilizados. Estes fios não impedem em nenhum caso a ótima utilização do colchão.

BORBOTO
O aparecimento destes aglomerados de fibras na superfície do colchão, deve-se a fricção entre as superfícies colchão/capa ou lençóis.
Normalmente em tecidos com elevado teor de fibras sintéticas ou em tecidos de lã, podemos encontrar este tipo de ocorrência.
Não se trata de uma inconformidade mas de uma característica do material.

BASES E SISTEMAS ARTICULADOS
As partes mecânicas dos sistemas articulados e das bases rebatíveis produzem ligeiros ruídos quando estão em movimento. Estes ruídos são normais.

Uso de posições ergonomicamente corretas ao fazer a cama:
· Evitar levantar e/ou apoiar objetos no chão ou acima do nível da cabeça;
· É recomendável mover os objetos numa faixa entre a altura dos ombros e a altura da articulação dos dedos da mão;
· Procurar sempre nivelar os planos de onde se retiram e/ou colocam objetos numa altura
de 70-90cm do chão;
· Caso perceba que o objeto a ser levantado do chão seja impossível de ser erguido somente por você, peça ajuda a outra pessoa;
· Evitar a rotação da coluna sempre que possível;
· No transporte de objetos, evitar carregar pesos com uma única mão.

Language
PT-PT
Open drop down