Combater a azia e o refluxo: as melhores posições de sono

imagem mulher com mão no peito desconfortável com azia e refluxo

No meio da correria do dia-a-dia, muitas vezes esquecemo-nos de como a qualidade do nosso sono pode influenciar diretamente também na nossa saúde digestiva. Quem nunca teve aquela sensação desconfortável de azia ou refluxo na hora de dormir? A boa notícia é que podemos fazer escolhas simples para melhorar esse cenário, e uma delas está diretamente relacionada com a posição em que dormimos.

Azia e refluxo: em que consistem?

A azia e o refluxo gastroesofágico são dois desconfortos comuns e, por vezes, perturbadores que podem surgir quando nos preparamos para descansar. 

A azia é uma sensação de queimação ou ardor que se manifesta na parte superior do abdómen, geralmente por trás do osso do peito. Este desconforto surge quando o ácido do estômago volta para o esófago, irritando-o. Uma vez que o esófago não possui a mesma proteção contra o ácido que o estômago, surge esta sensação de queimação.

Por sua vez, o refluxo gastroesofágico é o movimento involuntário do ácido do estômago de volta para o esófago. Isto pode acontecer quando o esfíncter esofágico inferior - uma espécie de "válvula" entre o esófago e o estômago - não fecha adequadamente. O ácido do estômago pode irritar o revestimento do esófago, resultando em sintomas como azia, regurgitação ácida e desconforto no peito.

Principais causas

A azia e o refluxo são problemas comuns que podem ter diversas causas, muitas vezes relacionadas a hábitos alimentares, estilo de vida e condições médicas. Entre elas: 

  • Posição de dormir: Dormir com o estômago cheio ou deitar logo após uma refeição pode aumentar a probabilidade de azia e refluxo. Mais à frente falaremos das melhores posições de sono para evitar estes dois desconfortos; 
  • Horário das refeições: Comer refeições ou lanches pesados pouco antes de dormir pode aumentar a produção de ácido no estômago, favorecendo o refluxo;
  • Alimentos e bebidas: Certos alimentos e bebidas, como café, chocolate, alimentos picantes, tomate e alimentos gordurosos podem criar desconforto no estômago;
  • Obesidade: O excesso de peso pode exercer pressão sobre o estômago, levando ao surgimento da azia e refluxo.
  • Gravidez: As mulheres grávidas podem sofrer mais frequentemente e facilmente de refluxo devido à pressão adicional sobre o estômago, causada pelo útero em crescimento.

Como enfrentar a azia na gravidez? 

grávida com azia

Entre as experiências comuns durante a fase da gravidez, a maior das queixas centra-se no surgimento da azia. Este desconforto surge maioritariamente no primeiro trimestre da gravidez podendo, por vezes, permanecer durante todo o tempo de gestação. 

A azia pode ser mais frequente na hora de dormir, quando a tranquilidade do sono é essencial para o bem-estar da futura mamã. Um autêntico pesadelo!

As alterações hormonais, a pressão direta do útero em crescimento sobre o estômago e a posição de dormir podem ser algumas das principais causas

do surgimento da azia.

Enfrentar a azia na hora de dormir durante a gravidez pode ser desafiante. Porém, algumas estratégias simples podem ajudar a aliviar esse desconforto:

  • Pequenas refeições: Optar por fazer refeições menores e mais frequentes ao longo do dia em vez de refeições grandes, de forma a não sobrecarregar o estômago;
  • Evitar certos alimentos: Alimentos gordurosos, picantes, cítricos, tomate, alimentos com alto teor de cafeína ou chocolate devem ser evitados ou consumidos com moderação;
  • Mastigar bem: Mastigar os alimentos completamente ajuda na digestão e pode reduzir a probabilidade de azia;
  • Evitar deitar imediatamente após comer: Após as refeições, esperar pelo menos duas horas antes de ir dormir ajuda a evitar o refluxo ácido;
  • Beber líquidos entre as refeições: Devem ser evitadas grandes quantidades de líquidos durante as refeições. Optar por beber água entre as refeições pode ajudar na digestão.
  • Tentar a toma de protetores de estômago: Este tipo de medicamentos pode ajudar a prevenir certos desconfortos. No entanto, antes da toma de qualquer tipo de medicação durante a gravidez deve sempre consultar-se um médico!

Em que posição devemos dormir para uma melhor digestão?

Dormir numa posição que promova o conforto e a saúde digestiva é super importante para garantir uma boa noite de sono. Diferentes posições oferecem benefícios específicos para a digestão, ajudando a prevenir problemas como azia e o refluxo gastroesofágico. 

  • Dormir do lado esquerdo

    Dormir do lado esquerdo é frequentemente recomendado para melhorar a digestão. Nesta posição, o estômago e o pâncreas ficam para baixo, permitindo que o suco gástrico flua naturalmente na direção do intestino. 

    Além disso, a posição do lado esquerdo pode aliviar a pressão sobre o esfíncter esofágico inferior, reduzindo a probabilidade de azia e refluxo.

    • Posição fetal

      A posição fetal é outra opção que pode beneficiar a digestão e prevenir desconfortos na hora de dormir. Nesta posição, que consiste em deitar o corpo de lado com os joelhos dobrados em direção ao peito, o esófago fica elevado em relação ao estômago, o que pode ajudar a evitar o refluxo.

      • Manter a cabeça elevada

        Elevar a cabeça através de uma almofada alta (ou com a ajuda de várias) é outra boa dica para prevenir o refluxo durante a noite. Ao manter a cabeça elevada em relação ao estômago, a gravidade ajuda a impedir que o ácido do estômago volte para o esófago.

        Colocar almofadas extras sob a cabeça pode aliviar bastante, mas é importante garantir uma inclinação suave para evitar tensões no pescoço.

        Quais as posições a evitar?

        Assim como existem posições que podem beneficiar a digestão e prevenir problemas como azia e refluxo, há também aquelas que podem agravar estes desconfortos. Evitar certas posições durante o sono é crucial para manter a saúde digestiva e promover uma noite de sono tranquila. 

        Dormir de barriga para baixo: Dormir de barriga para baixo não é recomendado para uma boa digestão. Esta posição coloca pressão direta sobre o estômago, o que pode resultar em desconforto e azia. Além disso, é uma posição que pode dificultar a respiração, especialmente para quem sofre de problemas respiratórios.

        Dormir com a cabeça muito baixa: Dormir com a cabeça numa posição muito baixa pode contribuir para o refluxo, fazendo com que os ácidos do estômago se movam facilmente para o esófago. Escolher almofadas que ofereçam suporte adequado à cabeça e ao pescoço pode ajudar a manter uma posição mais elevada.

        Ao evitar estas posições na hora de dormir, é possível reduzir significativamente o risco de desconfortos relacionados com a digestão durante o sono. A escolha de uma posição adequada é fundamental para promover não só o bem-estar digestivo, mas também a qualidade geral do sono. 

         

        Na Colmol, a nossa prioridade é a satisfação dos que procuram melhorar as suas noites de descanso através de produtos eficazes e de qualidade. A nossa equipa de Especialistas do Sono presta diariamente um aconselhamento personalizado e adaptado às necessidades de cada cliente que nos procura. 

        Se procuras esta ajuda especializada, podes contactar-nos diretamente através do::

        • telefone para o número +351 300 600 110
        • ou enviar-nos as tuas dúvidas para o e-mail suporte@colmol.pt

        Estamos sempre disponíveis para te ajudar a ti… e ao teu sono 🧡

        Deixe um comentário

        Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos