Rodar e virar o colchão: a resposta a todas as tuas dúvidas

O colchão é o acessório mais importante para conseguires dormir bem. Para que isso aconteça, é também importante rodá-lo e virá-lo frequentemente se queres que  dure muito mais tempo. Descobre porquê. 
 
 
mulher a mudar roupa do colchao

 

 Podes mudar a roupa de cama todas as semanas, mas quando foi a última vez que rodaste ou viraste o teu colchão?

Se já passou algum tempo ou se nunca o fizeste, pode ser esta a altura certa. Desta forma, vais prolongar a vida do teu colchão e ter maior conforto.

Seja qual for o tipo, posição do colchão ou a posição em que durmas,  rodar/girar o colchão e virá-lo de vez em quando é uma das coisas que deves fazer. Vais ver que o teu sono vai ser muito melhor e a firmeza do colchão vai ser preservada.

Continua a ler-nos para saberes mais sobre o assunto.

  


QUANTAS VEZES DEVES RODAR O COLCHÃO

Para responder diretamente a esta questão, precisas de saber que isto depende do tipo de colchão que tens:

Colchões de Espuma e Fibra

Devem ser rodados a 180 graus 1 ou 2 vezes por ano, a cada 6-12 meses.

Colchões de Molas

  • Se forem novos: devem ser rodados a 180 graus 1 ou 2 vezes por ano, a cada 6 ou 12 meses.
  • Se tiverem muito tempo de uso: devem ser rodados com mais frequência, 2 a 5 vezes por ano

Colchões COLMOL

Os nossos colchões merecem ser bem tratados porque são muito especiais.

O colchão Colmol é uma mais-valia porque ajuda a distribuir o peso corporal e a pressão em toda a sua superfície. Se o hábito de rodar o colchão for mantido, o  material que o constitui vai-se “renovar”, dando-lhe uma nova vida.

Vai também permitir aliviar dores nas costas e fazer com que te sintas mais confortável  enquanto dormes.

De forma geral, aconselhamos que rodes a posição do colchão Colmol a 180 graus, a cada 3-5 meses.

O simples facto de rodar o colchão pode fazer toda a diferença a longo prazo. Colchões rodados, colchões felizes! 

Como rodar:

Infografia de como rodar colchao colmol

 

1 e 2 - Devagar, roda o colchão sobre a cama até à posição horizontal, dobrando os joelhos ao mesmo tempo para não prejudicares a tua coluna (podes pedir ajuda a alguém.

3 - Alinha o novo topo do colchão com a base e cabeceira da cama 

DEVO VIRAR O COLCHÃO?

Quando se fala em manter o colchão na sua melhor forma, é frequente surgirem dúvidas em relação a virá-lo.  Mas, será isso um mito ou realidade?

Como sempre, estamos aqui para responder às tuas dúvidas, e desta vez não vai ser diferente.

Ao contrário de muitos dos colchões de outras marcas, os da Colmol são desenhados para serem usados dos dois lados, por isso, podem e devem ser virados.

Provavelmente a pergunta “posso virar o colchão de mola ensacada?” vai surgir na tua mente, porque ouve-se muito por aí que estes colchões não podem ser virados. Mas os da Colmol podem, independentemente da sua composição. Ótimo, não é? 

Não só aconselhamos a rodar, mas também a virar todos os nossos colchões.

Vamos explicar-te porquê!

Resumidamente, os colchões são constituídos da seguinte forma: 

  • NÚCLEO DE APOIO

É constituído por uma camada espessa e relativamente firme, tipicamente feita de espuma densa e/ou molas metálicas. 

  • SISTEMA DE CONFORTO

Tem uma ou mais camadas de espuma ou molas. Pode ter vários níveis de densidade e firmeza. 

  • COBERTURA DO COLCHÃO

Como o próprio nome indica, é constituída por todos os materiais que são cozidos e que conferem o aspeto final ao colchão. É aquela parte geralmente branca que fica mais à vista.

Um sistema de conforto bem desenvolvido proporciona um bom envolvimento do teu corpo no colchão, enquanto que o núcleo de apoio ajuda a mantê-lo apoiado e a coluna devidamente alinhada durante toda a noite.

Estas camadas existem dos dois lados do colchões Colmol, e trabalham em conjunto para que sejam sempre confortáveis e mantenham a qualidade. Por isso é que podes virá-los sem qualquer problema.

 Virar o colchão não só vai ajudar a prolongar a sua duração, como evitará o desgaste contínuo nos mesmos sítios, distribuindo a pressão de forma igual em ambos os lados. Virá-lo vai também prevenir que os ácaros se multipliquem sempre na mesma superfície, causando problemas respiratórios.

Se não virares o colchão que foi concebido para ser virado, ele vai-se tornar muito menos confortável e firme. Vais ver que se desgasta mais rapidamente e que as dores de costas vão, inevitavelmente, aparecer.

Por norma, no dia a dia já tens hábitos que podem prejudicar a tua coluna, por isso, não deixes que as tuas noites também contribuam para isso. 

QUANTAS VEZES DEVES VIRAR O COLCHÃO

Independentemente do colchão que queremos comprar, é difícil ficar indiferente a um colchão prático, feito para ser aproveitado ao máximo e de todas as formas.

Quem não gosta de ter várias funcionalidades num só produto?

A maior parte dos fabricantes de colchões aconselha apenas a rodá-los, desaconselhando a viragem. Mas com os colchões Colmol, tudo muda de figura. Para melhor.

É também por isso que os colchões Colmol se destacam, uma vez que podem ser utilizados de todas as maneiras, porque podem ser rodados e virados. Há melhor coisa do que poderes aproveitar isso e usufruir dos dois lados do colchão?

Com os nossos colchões nunca vais ter de perder tempo a ler o que podes e o que não podes fazer. Se estimares bem o teu colchão e seguires as nossas pequenas e valiosas dicas, vais poder dormir bem de ambos os lados.

Por isso, recomendamos virar o colchão 1 vez a cada 6 meses.

Mas atenção! Se dormes de barriga para baixo, deves virar o colchão com mais frequência,  porque o teu corpo vai exercer mais pressão sobre ele. 

Como virar:

Infografia de como virar colchao colmol
   
1- Roda o colchão até ficar numa posição horizontal em cima da cama (não te esqueças de dobrar os teus joelhos sempre que o deslocas e pede ajuda se for necessário).
2- Dobra os joelhos e levanta o colchão, até que a sua parte lateral fique em contacto com a base da cama.
3- Devagar, deita o colchão sobre a cama com a superfície B virada para cima.
4- Alinha-o com a base e cabeceira da cama  

QUAIS OS BENEFÍCIOS DE VIRAR E RODAR O COLCHÃO?

Não vale a pena falarmos da frequência de virar e girar o colchão, sem que saibas quais são as vantagens em fazê-lo: 

  • EVITA DEFORMIDADES

Virar e rodar/girar o colchão vai fazer com que o peso seja igualmente distribuído sobre ele, evitando altos e baixos à  superfície.

Se te mexeres muito durante a noite, deves ter maior atenção a este facto, porque isso vai interferir com a estrutura do colchão. Logo, é de extrema importância manter o hábito de  virar e rodar o colchão frequentemente. 

  • EVITA A FRAQUEZA DO MATERIAL

Se uma das partes do teu colchão afunda demasiado, é sinal que não o viras ou rodas o suficiente. Estes sítios mais baixos e fracos do colchão podem causar um apoio inadequado à tua coluna, mesmo que sejam de pequena dimensão.

Se tiveres a tendência para dormir melhor de um lado da cama ou dormir com um/a parceiro/a, deves obrigatoriamente rodar e virar o colchão, para que o apoio seja o mais uniforme possível para os dois.

Um colchão fraco não é nada divertido, especialmente quando se tenta ter uma boa noite de sono.  

  • EVITA INCLINAÇÕES

Alguma vez te sentiste a “escalar” o colchão quando te deitas e depois teres de rolar para conseguir sair da cama? Pois, é isso que virar e rodar o colchão evita.

Este comportamento está relacionado com a fraqueza do material do colchão, o que provoca a inclinação do colchão, no sítio sobre o qual costumas dormir.

Se preferires dormir de lado, a inclinação tem tendência a aumentar ainda mais se não seguires os nossos conselhos. E pior, a tua coluna e  ancas vão ficar sem suporte enquanto dormes, o que faz com que mais tarde possam aparecer problemas nessas zonas. 

  • EVITA O DESGASTE E A ACUMULAÇÃO DE ÁCAROS

Rodar e virar o teu colchão, dá-lhe a hipótese de poder respirar.

Com o passar do tempo, o teu colchão vai acumular ácaros, pêlo, suor e humidade. Ao mudares a posição do colchão, mudas também a marca do teu corpo no mesmo, não o sujeitando tanto tempo à mesma carga, sobre o mesmo sítio. 

Em resumo, deves ter presente que é essencial rodar e virar o teu colchão de vez em quando, para que dure mais tempo e mantenha a sua estrutura.

Com os colchões Colmol não há restrições, podes e deves seguir estas dicas.

Dorme bem!

 

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos

pt